Cervejas artesanais: A vez delas

Após o “boom” da culinária gourmet é claro que o cenário de bebidas não poderia ficar para trás. Saiba como aproveitar essa tendência em São Paulo.

Após o “boom” da culinária gourmet, que está revolucionando a gastronomia há algum tempo, é claro que o cenário de bebidas não poderia ficar para trás.

cerveja-artesanal

As cervejas artesanais invadiram a cena e atualmente tomam conta de qualquer cidade minimamente “cool”. É hora de deixar as “stellas artois” um pouco de lado e dar a chance para essa nova tendência.

Com muitas opções, extremamente diferentes entre si, raras e por vezes até caras, as marcas de cervejas artesanais brincam com o paladar de qualquer um e ousam em suas criações. A cevada, por exemplo, deixa de ser o ingrediente mais utilizado. Cervejas de trigo surgem com for?a total, bem incorpadas. Toques de cacau, mel e até café podem ser encontrados facilmente na composição. A cerveja “Ale”, famosa pela sua técnica feita a partir da cevada maltada é um “must”. Sempre com sabor marcante, os cervejeiros divertem-se entre as ramificações: Pale Ale, American Ale, Indian Pale Ale, English Brown Ale, para citar apenas algumas.

São Paulo é um prato, ou melhor dizendo, um copo cheio para quem quer se aventurar nas cervejas artesanais. Quem já é f? conta que nunca esteve tão satisfeito. A cidade tem muitas opções: lojinhas descoladas, específicas para a compra da bebida e bares despojados, ao melhor estilo “too cool for school”. Essa modalidade foi tão aderida que hoje em dia muitos restaurantes tradicionais adicionaram ao menu alguns novos rótulos de cerveja.

Aproveite o final de Julho para conhecer alguns desses lugares. Em época de férias, com a cidade mais vazia, fica melhor ainda. Vamos às dicas!

O BrewDog Bar, primeira filial fora da Europa, está localizado em Pinheiros. Reúne gente bonita, interessada nas cervejas e chopps exóticos de fabricação própria. É o caso da cerveja extraída do fundo do oceano da costa da Escócia, por exemplo. Você escolhe entre 200 rótulos de cervejas, nacionais e importadas, para tomar lá ou comprar no “bottle shop” e levar pra casa. Imperdível!

cervejas-artesanais-2

Já a Delirium Café, filial da matriz em Bruxelas que é dona da maior quantidade de rótulos de cerveja, é bastante movimentada. Brinque de degustar algumas opções, mas não se esqueça de provar o chopp de fabricação própria Delirium Tremens.

cervejas-artesanais

?timas opções não faltam, agora basta afinar o paladar e eleger uma predileta!


Comente